Tecnologia da esteira moral: fordismo e americanismo

Francisco Antônio de Abreu Neto

Resumo


O trabalho investiga a relação entre a tecnologia fordista e a moral no modo de vida americano, tendo como fundamento oAmericanismo e o Fordismo de Gramsci. O projeto de Ford envolvia uma revoluçao não só da tecnologia, mas também no consumo, no âmbito do que se convencionou chamar decírculo virtuoso do fordismo. Dentro desse aspecto, a questão da intrincada unidade entre a produção no local de trabalho e o modo de vida apresenta-se como necessidade para apreender a dimensão educativa de Ford no estilo americano de viver e de consumir. Inferiu-se, conclusivamente, que a nova tecnologia da produção e da organização do trabalho é inseparável de um modo específico de viver, de ser educado, de pensar, de consumir e de sentir a vida. A sexualidade, a família e as formas de coerção moral estão vinculadas ao esforço para forjar esse tipo específico de trabalhador.


Palavras-chave


AMERICANISMO E FORDISMO; TECNOLOGIA; ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO

Texto completo:

PDF


ISSN Impresso: 1414 - 5057

ISSN Eletrônico: 2317 - 7756