A flexibilização curricular e a Engenharia

Adriana Maria Tonini, Danilo Pereira Pinto

Resumo


Este trabalho apresenta um estudo sobre o processo  de flexibilização curricular nos cursos de engenharia com o advento das Diretrizes Curriculares Nacionais (DC), que trouxe avanços significativos a serem considerados na formação do engenheiro. Para os cursos de engenharia as relações deprodução e de trabalho não podem ser ignoradas pelas universidades, que devem estar atentas à demanda da sociedade de modo  a formar profissionais críticos e conscientes de sua responsabilidade para com a população, principalmente a de baixa renda, que é maioria na realidade de nosso país. E  nesse processo, considera-se que são as novas formas de integralização curricular, permitidas pela flexibilização, que levarão ao “novo” perfil de formação para o engenheiro com as competências e habilidades requeridas no mundo do trabalho.


Palavras-chave


FLEXIBILIZAÇÃO; CURRÍCULO; ENGENHARIA

Texto completo:

PDF


ISSN Impresso: 1414 - 5057

ISSN Eletrônico: 2317 - 7756