A perda da identidade profissional do trabalhador no processo de desenvolvimento da indústria da construção no Brasil

Sonia Lemos Grandi

Resumo


Toda e qualquer análise a respeito da indústria da construção torna-se um desafio a ser enfrentado, uma vez que o setor apresenta alto grau de complexidade, configurando-se, muitas vezes, enigmático para os agentes diretamente envolvidos e, principalmente, sob a perspectiva sociológica. O enfoque aqui delineado implica o resgate historicamente determinado da formação e do desenvolvimento do setor, no que diz respeito às transformações na composição e na identidade da mão-de-obra, determinadas e resultantes das diversas manifestações da mobilidade e da acumulação do capital e da força de trabalho. Essa perspectiva teórico- etodológica, tendo como fundamento básico as relações entre capital e trabalho, possibilita enfocar o desenvolvimento do setor e as alterações na composição e na identidade da mão- e-obra como decorrentes de uma série de articulações socioeconômicas, políticas e culturais que se escondem atrás da aparência dos dados e variáveis que, muitas vezes, tendem a simplificar e obscurecer a reflexão analítica sobre a indústria da construção, em termos de sua estrutura e dinâmica. O que ocorreu com os trabalhadores da construção, a elite do operariado brasileiro no início do séculoXX, para que se transformassem em peões de obra, estigma pejorativo com que são comumente denominados? E, atualmente, com a aceleração do crescimento econômico e a retomada do setor, não existe mão-de-obra suficiente no mercado de trabalho e a que existe encontra-se totalmente destituída de identificação? Por que aqueles que saíram domercado da época de estagnação não mais retornaram e aqueles que têm oportunidade de sair fazem o mesmo? Em se tratando de mobilidade, por que ela não faz parte das aspirações do trabalhador, que prefere ter seu próprio negócio como vendedor ambulante do que ascender na estrutura ocupacional? São essas algumas das questões que remetem a uma imersão no conhecimento do processo  de transformação no desenvolvimento da indústria da construção no Brasil.


Palavras-chave


IDENTIDADE PROFISSIONAL; INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO; MÃO-DE-OBRA DA CONSTRUÇÃO CIVIL

Texto completo:

PDF


ISSN Impresso: 1414 - 5057

ISSN Eletrônico: 2317 - 7756