Tecnologias da informação e comunicação na prática pedagógica de professores de escolas técnicas: aprovação, resistência e indiferença

Carlos Alberto Maia da Silva, Lúcia Regina Goulart Vilarinho

Resumo


Este artigo resume uma pesquisa conduzida com professores da área tecnológica, vinculados  a três escolas técnicas estaduais (Rede FAETEC), localizadas no município do Rio de Janeiro,  discutindo-se como eles utilizam as TIC no ensino, considerando as seguintes questões: (a) qual  a formação desses professores para utilizar pedagogicamente as TIC; (b) que visões expressam  em relação à incorporação das TIC no processo ensino-aprendizagem; (c) que recursos existem  nessas escolas, como são disponibilizados e utilizados; (d) que finalidades esses professores  têm quando usam as TIC; (e) que dificuldades enfrentam para se valer das TIC em suas aulas.  Tais questões demandaram a abordagem qualitativa dos dados, coletados com o apoio de  entrevista e questionário. Os resultados indicam: poucos professores tinham formação para o  uso educacional das TIC; a maior parte deles, ao mesmo tempo que aprovou sua incorporação,  apresentou restrições, por exigir mais planejamento e controle da disciplina; as escolas possuíam  os recursos básicos para o ensino-aprendizagem, considerados, no entanto, insuficientes e de  acesso difícil; os professores evidenciaram uma visão dicotômica entre tecnologia e ensino,  na medida em que não perceberam a primeira como parteintegrante do segundo. Entre as dificuldades que encontram para usar as TIC sobressaem aquelas relacionadas à ação da escola: obter o recurso; conservar; guardar, divulgar, dar acesso, estimular o uso e propor estratégias para  seu melhor aproveitamento. Da parte dos professores as dificuldades se localizam na falta de  domínio das tecnologias e de tempo para preparar o uso, bem como no pouco comprometimento com a escola e os alunos. Os professores aprovam o uso dos recursos, mas resistem e, assim, se tornam indiferentes a eles.


Palavras-chave


TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS; ENSINO TÉCNICO; RESISTÊNCIAS

Texto completo:

PDF


ISSN Impresso: 1414 - 5057

ISSN Eletrônico: 2317 - 7756