Estudo do projeto de iluminação natural e artificial do Centro Administrativo do Governo de Minas Gerais: estudo de caso

Tatiana Nunes Oliveira, Clarissa Goyatá de Assis, Luciana Toledo Barross Von Kruger, Maria Cristina Ramos de Carvalho

Resumo


A busca da diminuição do consumo de fontes de energia não- renováveis tornou-se um desafio mundial. A iluminação natural está diretamente relacionada à economia dos demais tipos de energia utilizados na edificação, contribuindo para um projeto sustentável. Este estudo aborda a iluminação natural e artificial dos edifícios do Palácio do Governo e do Centro de Convivência do Centro Administrativo do Governo de Minas Gerais por meio de pesquisa de campo, análise de projetos e pesquisa bibliográfica. O projeto de iluminação natural e artificial do complexo foi planejado tendo como base os princípios de sustentabilidade, eficiência energética e economia de energia. Suas formas arquitetônicas e os tipos de material de revestimento utilizados permitem a entrada de luz natural por vários ângulos, maximizando suas potencialidades. Este trabalho discute a leitura do desempenho luminoso, a caracterização das condições ambientais in situ, a aplicação de estratégias, tecnologia e materiais que visam à melhoria da iluminação nessas  edificações.


Palavras-chave


ILUMINAÇÃO NATURAL; SUSTENTABILIDADE; CENTRO ADMINISTRATIVO DO GOVERNO DE MINAS GERAIS

Texto completo:

PDF


ISSN Impresso: 1414 - 5057

ISSN Eletrônico: 2317 - 7756