Reflexões sobre a influência do conceito internalizado de aprendizagem no processo de leitura e no “design” de cursos de leitura para ambientes de Ciência e Tecnologia

Maria Inês Gariglio, Jerônimo Coura Sobrinho, Heitor Garcia de Carvalho

Resumo


Este trabalho pretende propiciar necessárias reflexões sobre a influência do conceito internalizado de aprendizagem dos professores de ensino instrumental da leitura em língua estrangeira, bem como o dos alunos no desenvolvimento da habilidade de leitura. Discutem-se as representações do conhecimento a partir da teoria dos “schemata” (RUMELHART,1980 e RICH, 1983); da interpretação topológica da memória e das operações cognitivas (WINNE, 1989); das discussões do Grupo de Goteborg sobre leitura holística e leitura atomística (GIBBS, 1982 e KEMBER & MURPHY, 1990) e sobre o conceito de contrato de leitura (MACHADO, 2001). Espera-se que as reflexões possam apontar para melhoramentos não só na prática de sala de aula como também no “design” de cursos instrumentais para leitura.


Palavras-chave


LEITURA; TEXTO TÉCNICO-CIENTÍFICO; TEORIAS DE REPRESENTAÇÃO DO CONHECIMENTO; "DESIGN" DE CURSOS

Texto completo:

PDF


ISSN Impresso: 1414 - 5057

ISSN Eletrônico: 2317 - 7756