A importância do enfoque CTS na graduação de engenheiros

Cidoval Morais de Sousa, Geovane Ferreira Gomes

Resumo


Este artigo aborda o papel do engenheiro e explica a necessidade de mudança nos cursos de graduação, por meio da inserção da temática Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) na grade curricular. Tal proposta se ancora em dois pressupostos: o primeiro é que a modernidade fragmenta as ciências e especializa o conhecimento, passando a exigir do engenheiro um papel de integrador de saberes; em segundo lugar, cada vez mais a tecnologia traz impactos para a sociedade e o meio ambiente, tornando necessária a inclusão de uma disciplina específica de graduação para despertar no espírito inventivo do engenheiro, uma preocupação social que possibilite o surgimento de um ethos humanista à sua formação, de forma a ser crítico diante da tecnologia que desenvolve.


Palavras-chave


ENGENHARIA SOCIAL; DIVISÃO DO TRABALHO; RACIONALIZAÇÃO; CAPITALISMO; EDUCAÇÃO CTS

Texto completo:

PDF


ISSN Impresso: 1414 - 5057

ISSN Eletrônico: 2317 - 7756