Gestão ambiental: um novo desafio para a competitividade empresarial

José Angel Silva Delgado

Resumo


 

A partir da publicação da BS-7.750: An Specification for Environmental Management System, que se tornou uma orientação para a integração da demanda e da exigência mundial por serviços e produtos dotados de qualidade e ambientalizados em seus processos, as empresas foram estrategicamente sensibilizadas a adotar modelos de gestão empresarial contemplando a qualidade ambiental. Com a edição das normas ISO 14000, a gestão ambiental torna-se cada vez mais uma função organizacional indispensável e no mesmo nível das demais já reconhecidas tradicionalmente por todas as escolas de administração como: recursos humanos, financeiros, de produção, marketing, etc.

 

 

O desempenho organizacional passa a ser medido através da razão entre os resultados econômico-financeiros obtidos e as perdas ambientais que seus processos acarretam. Quando os resultados são bons e as perdas se anulam, os desempenhos atingem valores máximos. Essa forma de ver o mundo produtivo dá uma visão diferenciada ao atual conceito de gestão ambiental.

 


Palavras-chave


GESTÃO AMBIENTAL; NORMA ISO 14000; EMPRESAS; QUALIDADE AMBIENTAL; DESEMPENHO ORGANIZACIONAL; BS-7.750

Texto completo:

PDF


ISSN Impresso: 1414 - 5057

ISSN Eletrônico: 2317 - 7756