A energia verde não é uma energia limpa

Patrícia Romeiro da Silva Jota

Resumo


Existem várias formas de gerar energia elétrica, entretanto todas elas causam algum tipo de impacto ambiental. Nas últimas décadas muitos esforços foram feitos no sentido de desenvolver fontes "limpas" de energia. Organizações de defesa do meio ambiente ampliaram a definição de impacto ambiental e, desta forma, fontes consideradas, no passado, como "limpas" foram reclassificadas como "verdes". Todo e qualquer tipo de tecnologia que visa gerar energia agride em algum nível o ecossistema e, portanto, a palavra "limpa" foi abolida. Atualmente, as formas de geração de energia são divididas em duas classes: energia verde e não-verde. Existe ainda muita polêmica a respeito do que pode ser classificado como verde. Apesar disso, diversos países já estão comercializando energia verde. Dentro de uma perspectiva ecológica, o objetivo do setor energético tem sido o de utilizar de forma intensiva fontes de energia verde e minimizar os desperdícios.


Palavras-chave


ENERGIA VERDE; FONTES DE ENERGIA; IMPACTOS AMBIENTAIS; ENERGIA RENOVÁVEL

Texto completo:

PDF


ISSN Impresso: 1414 - 5057

ISSN Eletrônico: 2317 - 7756