Letramento digital: um desafio contemporâneo para a educação

Mariana Henrichs Ribeiro, Maria Teresa de Assunção Freitas

Resumo


Este artigo tem como objetivo mapear, em diferentes fontes de pesquisa como livros,capítulos de livros, artigos de periódicos, artigos online, eventos, teses e dissertações,as produções brasileiras sobre o letramento digital, no período de 2000 a 2010. Para esta pesquisa buscou-se fundamentação teórico-metodológica na pesquisa qualitativade abordagem histórico-cultural, fundamentada na teoria enunciativa da linguagem de Mikhail Bakhtin e na teoria da construção social do conhecimento de Lev Vygotsky.As tecnologias digitais reúnem e mesclam diferentes formas de comunicação como as letras, imagens, movimentos e sons. Em cada grupo socialmente organizado,diferentes práticas sócio-culturais de leitura e de escrita se fazem presentes, portanto,o letramento digital deve ser pensado na sua pluralidade e em uma constante (re)construção. A possibilidade de reunir em um único ambiente, diferentes formas de comunicação e expressão, demanda novas formas de apropriação do ato de ler(compreender) e de escrever (produzir). E, por fim, observou-se ser necessário discutiras tecnologias digitais e Educação, superando o uso do computador e da internet apenas como meras ferramentas, transformando-os em instrumentos que favoreçam a aprendizagem. Com isso, compreendeu-se que não é necessária a exclusão das práticas sócio-culturais de leitura e de escrita existentes fora da escola, ao contrário, é preciso encontrar um modo de legitimá-las.

 


Palavras-chave


Letramento Digital. Computador-internet. Educação. Formação de Professores.

Texto completo:

PDF


ISSN Impresso: 1414 - 5057

ISSN Eletrônico: 2317 - 7756