Perfumes como proposta de experimentação para o ensino de Química no ensino médio

Lorena Carvalho Costa, Sabrina Rodrigues de Jesus, Ricardo Alexandre Figueiredo Matos, Wesley Fernandes Vaz

Resumo


As atividades experimentais estruturadas em temas geradores, como a preparação de um perfume, permitem aos alunos compreender conteúdos químicos, centrados no contexto sociocultural do estudante. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi abordar a química existente nos perfumes e em seu processo fabril, a partir do princípio da extração de um óleo essencial. Funções orgânicas, conceito de acidez, basicidade, indicadores ácido/base, polaridade de moléculas, técnicas de maceração e destilação são conceitos químicos que foram abordados na atividade com alunos da 3ª série do ensino médio. O método envolveu quatro etapas: introdução sobre os perfumes no contexto sócio-histórico; extração de um óleo essencial; fabricação de perfumes e teste do pH dos perfumes. Essas etapas foram relacionadas com os conceitos químicos envolvidos. Foram utilizados materiais de fácil obtenção, o que permite a realização dos experimentos por qualquer instituição escolar. Os resultados demonstraram que os alunos ficaram motivados, envolvidos e tiveram uma boa participação durante as atividades experimentais e discussão dos conceitos abordados, o que possibilitou a eles compreenderem melhor, principalmente, os conteúdos de solubilidade, volatilidade e interações intermoleculares.

 


Palavras-chave


Ensino de Química. Extração. Perfume.

Texto completo:

PDF


ISSN Impresso: 1414 - 5057

ISSN Eletrônico: 2317 - 7756