ENSAIO SOBRE O PLANEJAMENTO URBANO E AMBIENTAL COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO NA EDUCAÇÃO BÁSICA: ELEMENTOS PARA PENSAR A QUESTÃO AMBIENTAL E O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Vandeir Robson da Silva Matias

Resumo


A questão ambiental está vinculada a planejamento urbano e ambiental na sua prática contemporânea. O pensamento urbano e ambiental tem lógicas próximas que podem ser incorporadas nas práticas educativas, ou seja, a dinâmica do planejamento é um instrumento que deve ser utilizado no processo educativo. Nesse contexto, a questão ambiental, vista a partir do planejamento urbano, recoloca o debate da interdisciplinaridade, emergindo das políticas setoriais para uma dimensão cada vez mais abrangente das políticas públicas. O planejamento urbano e ambiental tem por finalidade propiciar um diagnóstico preciso sobre o meio físico-biótico, socioeconômico e sobre sua organização institucional para oferecer diretrizes de ação para a tomada de decisão que irá refletir os diferentes interesses dos cidadãos. Desse modo, é urgente contribuir para um sistema de planejamento mais eficaz, onde os investimentos e esforços, tanto do governo quanto da iniciativa privada, sejam aplicados de acordo com as peculiaridades das unidades de planejamento. O processo educativo precisa descobrir que o planejamento é um instrumento para organizar e ordenar o território, harmonizando as relações econômicas, sociais e ambientais que nele acontecem, sobretudo nas grandes cidades brasileiras. Para que esse processo obtenha êxito, demanda um efetivo esforço de compartilhamento institucional, voltado para a integração das ações e políticas públicas territoriais, bem como articulação com a sociedade civil, congregando seus interesses em torno de um pacto pela gestão do território. O objetivo desse ensaio é iniciar uma breve discussão sobre o potencial do planejamento urbano e ambiental na prática pedagógica da educação básica. O Planejamento trabalha com exemplos práticos que dizem respeito à população e reflete na vida dessa população. O objetivo além do já exposto visa a demostrar que o Planejamento urbano e ambiental é um instrumento de ensino. Entender a importância do planejamento, na prática pedagógica, começa pelo currículo. Então, é necessária a constituição de um paradigma emergente, que caminhe para além das fronteiras, passa por algumas desconstruções e superações, que devem passar por uma nova visão de mundo.  Dizer que o currículo pode ser um campo de luta significa, que o currículo trabalhado pelo professor pode sofrer alterações de modo que estes não moldem sujeitos pela visão dominante. Não existe nenhum método que seja considerado melhor ou o mais eficiente, da mesma forma que não existe também uma teoria definitiva ou conclusiva. Desta forma, todos os profissionais da área educacional devem caminhar rumo a um aperfeiçoamento constante, mas nunca deixando para trás as teorias antigas, pois elas são base para uma boa formação.


Palavras-chave


Educação básica. Planejamento. Meio ambiente e Currículo.

Texto completo:

PDF


ISSN Impresso: 1414 - 5057

ISSN Eletrônico: 2317 - 7756